Agências bancárias e sede da PM sofrem ataque simultâneo no Sul de Minas Gerais

Fonte: O Tempo

A Polícia Militar está a procura de ao menos sete homens suspeitos de roubarem duas agências bancárias e atirarem contra a sede da companhia, em Campo do Meio, no Sul de Minas Gerais.

Um homem, que ainda não foi identificado e que participou das ações criminosas, morreu em uma troca de tiros com a polícia.

A ação dos criminosos começou por volta das quatro da manhã desta segunda-feira. Os bandidos atacaram simultaneamente uma agência do Banco do Brasil e um posto de atendimento do Bradesco, ambos localizados no centro da cidade.

Ao mesmo tempo em que o bando explodia os caixas eletrônicos, outra parte da quadrilha atacou a tiros a sede da companhia da PM.

Policiais e bandidos trocaram tiros por pelo menos 30 minutos pelas ruas da cidade. Um dos bandidos envolvidos no crime morreu em frente a agência do Banco do Brasil. A PM encontrou quatro bananas de dinamite dentro de uma mochila que estava com o homem que morreu durante a troca de tiros.

Um carro, com placas de Campinas (SP), que foi usado por parte do bando para fugir depois dos ataques foi encontrado pela polícia no distrito de Carmo do Rio Claro, às margens do Lago de Furnas, onde é feito o embarque de passageiros para a balsa do Itaci. No veículo, a polícia encontrou várias marcas de sangue o que faz levar a crer que um dos bandidos que está em fuga também esteja ferido.

A PM também encontrou no veículo farta munição para fuzil e pistolas automáticas e mais explosivos.

x

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *