Exército e Força Nacional desmobilizam protestos na BR-381

Fonte: O Tempo

A Força Nacional e a Polícia Rodoviária Federal desbloquearam a BR-381 (Fernão Dias) em Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte. Em Betim, o Exército e o Batalhão de Choque da Polícia Militar também tentam desmobilizar o protesto e permitir a continuidade da viagem dos caminhoneiros. Lá, o ‘caveirão’, blindado da PM, é usado na ação.

A operação tem como objetivo garantir a chegada e saída de caminhões-tanque da Regap. Militares do Exército também dão apoio na operação.

Por volta das 10h15 desta quarta-feira (30), um total de 25 caminhões-tanque confiscados pela Defesa Civil de Minas Gerais saíram da refinaria levando combustíveis para as unidades de segurança. Caminhões-tanque da BR Distribuidora também começaram a sair de um pátio da empresa às margens da Fernão Dias, na altura do Jardim Teresópolis, em Betim, e seguiram para a Regap.

A reportagem  também flagrou outros veículos de transporte de combustíveis saindo dos bloqueios e seguindo para a sede da Raízen distribuidora, que fica localizada ao lado da fábrica da FIAT também na BR-381.

Os locais eram pontos de concentração de caminhoneiros na greve que teve início há 10 dias. Segundo a concessionária Autopista Fernão Dias, que administra a BR-381 entre Minas Gerais e São Paulo, não há mais restrições a tráfego de caminhões na rodovia.

Em Igarapé, com a chegada da Força Nacional, os caminhões voltaram a rodar, e muitos deles seguem pela rodovia no sentido São Paulo. Os caminhoneiros foram perguntados quem gostaria de permanecer parado e quem gostaria de seguir viagem. Todos preferiram continuar o trajeto.

A Polícia Rodoviária informou que já liberou pelo menos 742 pontos de bloqueios em rodovias de todo o país.

ma tropa do Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM) contando inclusive com o reforço do caveirão está posicionada às margens da BR-381 nas proximidades da Refinaria Gabriel Passos, em Betim na região metropolitana de Belo Horizonte.

EM OUTROS ESTADOS

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que liberou aproximadamente 250 caminhões para seguir viagem na BR-277, altura do quilômetro 584 no município de Cascavel, no oeste do Paraná. De acordo com os policiais, a ação foi feita depois que alguns motoristas relataram que estavam sob coação no local.

Apesar de transportar ração – tipo de carga que, segundo os acordos com as autoridades, teriam autorização para passar nos bloqueios feitos em pontos de rodovias federais – os veículos estavam sendo proibidos pelos manifestantes de seguir viagem.

São Paulo 

Cerca de 600 militares realizam na manhã desta quarta-feira (30) uma operação para desobstruir pontos das Rodovias Presidente Dutra em Jacareí (SP) e Régis Bittencourt em Embu das Artes, entre outras regiões do Estado de São Paulo.

Em entrevista à Rádio Bandnews, o general Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, chefe do Comando Militar do Sudeste e comandante da operação, disse que o objetivo é garantir a segurança de caminhoneiros que querem deixar as mobilizações. Segundo ele, não havia registro de confrontos até a publicação desta reportagem.

De acordo com o general, tropas também estão fazendo “corredores de segurança” para ajudar caminhoneiros a deixar outras estradas do Estado. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, há um efetivo de infantaria do Exército e da Força Aérea, na altura do km 279 da Régis, para fazer um comboio com os motoristas que desejarem sair. E também há uma tropa do Exército, no km 385, em Miracatu, outro ponto de manifestação.

De acordo com a PRF, os comboios do Exército descerão sentido Rio Grande do Sul, para que os motoristas que desejarem, em todo o trajeto, possam voltar ao Sul do país.

Para ajudar a operação, quatro helicópteros deixaram o Comando Militar do Sudeste, no Ibirapuera, zona sul da capital. Militares da 12ª Brigada de Infantaria de Caçapava e também homens de Lorena e Osasco participam da ação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *