Lesão de Daniel Alves reforça sonho de Edílson em disputar a Copa do Mundo

CM_Treino_do_Cruzeiro_075.jpg
Fonte: O Tempo

Um dos pontos altos da coletiva de Edílson foi o sonho que o atleta mantém de estar em uma possível lista de convocados à seleção brasileira. A possibilidade aumentou com a lesão de Daniel Alves, que terá sua condição física avaliada daqui a três semanas. Edílson esteve muito próximo deter seu nome figurando na lista de convocados para os últimos amistosos da seleção contra Rússia e Alemanha, mas a lesão que sofreu no primeiro clássico do ano impossibilitou a realização deste sonho.

Entre os trunfos do atleta, está o fato de ter trabalhado com Tite e contar com a aprovação do comandante.

“Acho que tudo. pelo momento que eu tive no ano passado, pelos títulos que eu conquistei, por eu estar jogando em alto nível há uns três anos. Ainda tenho esse sonho, não acabou, tive uma lesão aqui no Cruzeiro. Mas enquanto há respingo de esperança eu vou estar trabalhando para isso até porque diferente de alguns atletas, o Tite já me conhece, ele sabe o que eu posso render, já tenho 31 anos, ele sabe a personalidade que eu tenho. Sei lá, às vezes ele pode me colocar em uma partida porque sabe que eu não vou sentir a pressão. Essas coisas também me ajudam se surgir uma oportunidade”, comentou Edílson.

Apesar disso, o lateral tratou de ressaltar que está na torcida por Daniel Alves, um de seus grandes exemplos no futebol. “Quero dar força ao Daniel Alves, é um dos melhores laterais do mundo, um cara que eu admiro muito, tanto o seu futebol quanto a sua personalidade. A gente sempre se espelha em jogadores assim. Ele sofreu uma lesão, tomara que ele volte o mais rápido possível e que possa conquistar ainda mais os seus sonhos, sei que ele tem um sonho de ganhar uma Copa do Mundo”, encerrou o lateral cruzeirense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *