Suposto estelionatário agia em zona rural de Bocaiuva

Fonte: Rádio Clube Bocaiuva

O suposto golpista, Ailton Moreira da Silva, de 37 anos, preso, nesta semana, numa casa de luxo, no distrito de Nova Esperança, em Montes Claros (MG), fez vítimas em comunidades rurais de Bocaiuva e de outras cidades mineiras, de acordo com a Polícia Civil que apura o caso.

Aílton seria responsável por vários crimes e teria falsificado documentos, causando um prejuízo de cerca de R$500 mil ás suas vítimas.

Além de usar cheques sem fundos, furtados e roubados, ele estaria se passando por policial civil e prometendo facilidades aos interessados em tirar Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

As principais vítimas, nesses casos, seriam pessoas simples e moradores da zona rural dos municípios de Bocaiuva, Montes Claros, Capitão Enéas e Patos de Minas.

As investigações iniciaram em 2017, quando Ailton Moreira da Silva foi preso pela Polícia Militar (PM). Na época, foram apreendidos com ele vários documentos e cheques de outras pessoas. Ailton está no Presídio Regional Agente Penitenciário Wedson Eduardo, de Montes Claros, à disposição da Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *