Avião de pequeno porte fica submerso após cair em manguezal na Zona Sul de Aracaju; uma pessoa morreu

Fonte: G1 Sergipe

Um avião monomotor caiu, às 11h40 desta quinta-feira (6), em uma região de manguezal, no Bairro Atalaia, na Zona Sul de Aracaju, e ficou submerso.

Ele decolou do Aeroporto Santa Maria, com destino ao município de Unaí (MG). A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Sergipe confirmou a morte de uma pessoa, que ainda não foi identificada.

A aeronave afundou cerca de dois metros e equipes do Corpo de Bombeiros estão tentando fazer o resgate da vítima. Por volta das 15h30, as buscas avançaram e foi acessada a parte da cabine e dos bancos.

A Defesa Civil de Aracaju está no local para realizar a retirada da aeronave. “Foi verificado um vazamento de combustível de aviação, que foi diluído pela água do rio e pelos caminhões dos bombeiros. Estamos fazendo uma logística de retirada dessa aeronave através de guindastes”, disse o coordenador do órgão, major Sílvio Prado.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a aeronave apresentou problemas logo após a decolagem. O piloto desviou a rota para a área de manguezal para evitar a queda sobre as residências.

A informação preliminar da SSP é que o piloto deixou um passageiro em Aracaju e estaria voltando sozinho para Unaí. Após a decolagem, o avião apresentou problemas, o piloto declarou emergência à torre de comando e desviou a rota para o manguezal, evitando cair sobre as residências.

“Observamos que está totalmente submersa no mangue. Então isso reduz a possibilidade de ter sobreviventes. Está 100% enterrada. O aeroporto já acionou no Cenipa, que deve chegar até o final dessa tarde. O GTA também vai investigar. O acesso é muito complicado, o mangue está com o nível de água bem alto”, disse comandante do Grupamento Tático Aéreo (GTA), coronel Fernando Góes.

De acordo com registros da Agência Nacional de Aviação (Anac), a aeronave PR-ZSF, uma RV-10 de três lugares, estava em situação regular.

Equipes de segurança e salvamento no local onde avião caiu — Foto: Joelma Gonçalves/G1
Equipes de segurança e salvamento no local onde avião caiu — Foto: Joelma Gonçalves/G1

Uma mulher que mora em frente ao local do acidente falou sobre a atitude do piloto. “Estourou aqui e caiu ali. Ele foi um herói. Foi horrível. Ainda estou em choque. Escutei aquele estouro. Parecia coisa de filme de terror”, disse, emocionada, Martha Barros.

Martha Barros, moradora da região  — Foto: Joelma Gonçalves/G1
Martha Barros, moradora da região — Foto: Joelma Gonçalves/G1

Outro morador da região, Aldenir Alves Marinho, 40 anos, falou sobre o momento da queda. “Eu estava no fundo de um hotel, onde moro. Entrei no mangue, mas não consegui ver nada. Enterrou na lama”, disse o pedreiro.

“Eu estava voltando da academia, quando ouvi o barulho. Tenho o curso de primeiros socorros e entrei no mangue pra tentar ajudar, mas não deu. Só deu pra ver as fuselagens do avião”, disse Arthur Santos, que também mora próximo ao local.

Trânsito

As polícias Civil e Militar e Superintendência Municipal de Trânsito (SMTT) também estão no local. Os dois sentidos da avenida Desembargador José Antônio de Andrade Goes estão bloqueados. Apenas os veículos oficiais de resgate estão autorizados a circular pela via.

As linhas de ônibus que passam pela região estão circulando pela Rua Aloísio Campos, paralela à avenida José Andrade Gois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *