Mestre da viola, João Mulato morre aos 72 anos

Fonte: Noticia ao Minuto

O cantor, compositor e violeiro Wilson Leôncio de Melo, que ficou nacionalmente conhecido como João Mulato, era metódico e perfeccionista. Não admitia erros. A busca pela perfeição o levou a serconsiderado o mestre da viola.A carreira teve início em 1970. O primeiro parceiro foi Domingos Miguel dos Santos, o Bambico, mas também tocou ao lado de outros nomes como Tião Carreiro e a dupla Tonico & Tinoco.

Amigo há 40 anos, o apresentador de TV Oneir Aparecido Caçador, 70, conta que João chegou a gravar a mesma entrevista cinco vezes. “E por ser tão perfeccionista teve vários parceiros ao longo da carreira.”Mesmo com pouco estudo, foi um gênio. Escreveu a maior parte das canções que interpretou.”Diferente de muitas duplas que vemos por aí, João era a segunda voz marcante, com qualidade e musicalidade, e tocava viola com a mão esquerda.

João Mulato morreu em decorrência de um câncer generalizado

Foi o primeiro violeiro canhoto a inverter a sequência das notas na viola caipira”, diz Oneir.João Mulato nasceu em Passos (MG), mas atualmente morava em Bauru (329 km de SP).”O João ouvia mais que falava, era brincalhão e sorria ao tocar viola. Ele levou um pedaço da nossa bandeira; deixou um buraco. Gostaria que meus netos tivessem aula de viola com o João. Ele faz parte da elite dos cantores, compositores e violeiros brasileiros”, afirma Oneir.Wilson Leôncio de Melo ou João

Mulato morreu nesta segunda-feira (20), aos 72 anos, de câncer generalizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *